Entre em contato com um de nossos especialistas!

Os 8 segredos que ninguém te contou sobre desenvolvimento de gabinete para eletrônica

Você pode ser um engenheiro, um técnico ou aficionado pela área. O fato é que projetos eletrônicos requerem um certo nível de conhecimento não somente na parte eletrônica.

eplax

Todo o projeto será “empacotado” pela caixa ou o gabinete que, além de ter uma estética agradável, precisa ser funcional e complementar ao projeto.

Sendo assim, é muito importante você conhecer os 8 segredos que ninguém te contou sobre o desenvolvimento do gabinete para eletrônica. Vamos em frente?

1. Você pode escolher a cor que quiser

O Poliestireno é um polímero sintético (termoplástico) utilizado em diversas áreas na fabricação de inúmeros produtos como copos descartáveis, escovas, pentes e gabinetes plásticos (de eletrônicos).

No caso dos gabinetes para eletrônica, o tipo de poliestireno utilizado é o de alto impacto, que é o tipo mais resistente. Este material não é transparente e, por isso, tem como uma das vantagens a possibilidade de receber pigmentação. Dessa forma, o design do seu produto pode ser bastante personalizado com a inclusão da cor que desejar.

2. É possível sim mudar as furações dos gabinetes plásticos

Suas ideias não tem limites. Há muitos gabinetes plásticos no mercado com as furações padronizadas. Elas são bem aceitas, mas caso você tenha ideias durante o projeto que exijam modificações saiba que isso é possível sim. Os gabinetes para projetos de eletrônica sem moldes permitem alterações com bastante facilidade, tornando possível melhorias do projeto e até ideias inovadoras.

3. Não é preciso de um alto investimento inicial no desenvolvimento de gabinete para eletrônica

A utilização de moldes para injeção plástica na fabricação do protótipo do seu projeto eletrônico é a etapa mais cara de todo o processo.

Isso acontece devido ao maquinário e à matéria-prima utilizada, que ainda possuem valor maior do que outras opções de produção existentes no mercado. Porém, uma forma de viabilizar o projeto, com custos mais baixos de investimento, é desenvolver o projeto do gabinete sem a necessidade de moldes no processo.

4. A fabricação do gabinete é mais rápida do que você imagina

Outra vantagem dos gabinetes sem molde é a agilidade do processo. O material produzido utiliza a tecnologia PMTP. Nesse processo, chapas planas de plástico são cortadas em fresadoras CNC, dobradas e finalmente soldadas uma nas outras. O processo sem moldes possui etapas mais ágeis de serem cumpridas por se tratar de automação de equipamentos e isso garante que você possa colocar o seu produto no mercado mais rapidamente.

5. Você determina a posição dos insertos metálicos

Por padrão, os insertos metálicos M3/M4 ou M5 são instalados após a moldagem, por meio de calor ou ultrassom. Mas no caso dos gabinetes em moldes, você pode determinar, ainda na etapa do projeto, qual será a posição deles.

Isso proporciona mais praticidade no processo e, principalmente, na utilização dos produtos.

6. Pequenas produções também podem ser realizadas no desenvolvimento de gabinete para eletrônica

Na produção de gabinetes para projetos eletrônicos sem molde não há quantidade mínima de peças a serem produzidas. Projetos que exigem apenas poucas unidades também podem ser produzidos sem que isso gere custos que inviabilizem.

Dessa forma, não há necessidade de estoque de gabinetes e isso permite, também, que melhorias nas peças sejam realizadas nas novas produções, sempre adaptadas às necessidades do mercado.

7. Diversos protótipos podem ser feitos até se chegar ao produto final

É bastante compreensível e aceitável que um projeto passe por mudanças geradas por necessidade de melhorias ou correções. Os gabinetes de projetos eletrônicos sem moldes permitem que diversos protótipos sejam produzidos para garantir o melhor produto final.

Isso acontece porque o projeto (em Autocad) envia as informações para a fresadora, que produz a peça rapidamente. Essa peça possui características já do produto final. Com a peça em mãos é possível verificar sua eficiência e usabilidade e, se necessário, realizar alterações no projeto.

8. Sustentabilidade agrega valor ao seu produto

Muito já se sabe que produtos eletrônicos devem ser descartados em locais apropriados para isso. Já há muita reciclagem de lixo eletrônico em diversas cidades do país.

E para colaborar com a proposta da sustentabilidade do meio ambiente, os gabinetes para projetos eletrônicos são feitos de Poliestireno de Alta Densidade, ou PEAD, que, por ser termoplástico, são recicláveis. É um plástico inquebrável, resistente a baixas temperaturas, leve e impermeável.

Há muitas variáveis que podem influenciar no sucesso do seu projeto. Se for o seu primeiro, é provável que não tivesse conhecimento de todos estes itens. E se você já tem experiência em produção de gabinete personalizado para projetos eletrônicos sabe o quão importante é se atentar a estes detalhes e contar com uma empresa especializada.

A Eplax Soluções e Tecnologia é uma empresa que desenvolve caixas plásticas e gabinetes plásticos para eletrônica, através de uma tecnologia diferenciada sem uso de moldes ou ferramentas especiais, buscando sempre proporcionar melhores resultados para seus clientes.



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende